Tese – Bernardo Nascimento de Amorim

Tese de doutorado de Bernardo Nascimento de Amorim, intitulada “A míngua e o excesso: Mário de Sá-Carneiro, Arthur Rimbaud e o complexo de Ícaro”, defendida em 2010.

Resumo da tese: A tese se propõe como um estudo comparativo das obras do escritor português Mário de Sá-Carneiro e do francês Arthur Rimbaud. A partir do que se apresenta como o complexo de Ícaro, cuja referência inicial se busca na mitologia grega, procuro colocar em diálogo as duas poéticas, na tentativa de fazer com que elas se iluminem reciprocamente. Tendo como eixo estrutural do trabalho os movimentos fundamentais da figura mitológica, procedo à exposição, à discussão e à análise de alguns dos traços comuns entre as duas obras, assim como de algumas das singularidades que diferenciam cada uma delas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Dissertações e Teses, Mário de Sá-Carneiro. Bookmark o link permanente.