Palestra sobre Adília Lopes

convite valéria coelho.png

Anúncios
Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

[CHAMADA DE ARTIGOS] Revista ABRIL

[Chamada de artigos & resenhas]
 
Revista ABRIL, n. 24
 
Tema: Leitura de poesia: revistas, jornais e coleções
 
Organizadores: Ida Alves (UFF) e Solange Fiuza (UFG)
 
Ementa: Estudo da produção, circulação e recepção críticas de/sobre poesia portuguesa e africana de língua portuguesa em veículos específicos como revistas, jornais e coleções editoriais de poesia, impressos ou eletrônicos. Análise dessa produção num arco temporal que vai do início do século XX à atualidade. Além do estudo desses veículos de divulgação poético-literária em língua portuguesa, interessam igualmente artigos sobre o trabalho crítico específico de poetas portugueses e africanos de língua portuguesa nesse mesmo período, divulgado em livros, periódicos e jornais, que demarcaram ou demarcam trajetos específicos de compreensão do lirismo moderno e contemporâneo. Projetos literários luso-brasileiros ou luso-afro ou luso-afro-brasileiros de criação, divulgação e crítica de poesia.
 
Prazo para submissão de artigos e resenhas no site da revista: ATÉ 31 DE OUTUBRO DE 2019.
 
Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

[CHAMADA] Colóquio Cenas de Leitura: Revistas de Poesia

Dias 04 e 05 de julho de 2019, na sala 218C, Colóquio Cenas de Leitura:  Revistas de Poesia.

Será no Instituto de Letras da UFF, campus do Gragoatá, de 09h30 a 19h.

Em breve, site do evento será divulgado.

Algum orientando seu tem pesquisado sobre revistas de poesia em língua portuguesa, especialmente século XX e XXI? Teria uma proposta de comunicação?

Se sim, enviar proposta para uffnepa@gmail.com  (informações específicas serão fornecidas via esse email).

Agradecemos toda divulgação possível.

Cord, 

Organização: Profas. Ida Alves (UFF) e Solange Fiuza (UFG)

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Programação & Caderno de Resumos da VIII Jornada de Estudos em Poesia Portuguesa Moderna e Contemporânea

Caderno de Programação & Resumos VIII Jornada_001.png

A programação e o caderno de resumos da VIII Jornada de Estudos em Poesia Portuguesa Moderna e Contemporânea já se encontra on-line. Acesse AQUI!

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

VIII Jornada de Estudos em Poesia Portuguesa Moderna e Contemporânea

Cartaz VIII Jornada Sophia.png

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Dissertação de Mariana Pereira Guida

Um nó que bruxuleia e se apaga: poesia e pensamento em Heráclito e Herberto Helder

Mariana Pereira Guida

 

Nesta dissertação procuramos estabelecer um diálogo entre poesia e pensamento a partir da obra tardia de Herberto Helder – quatro últimos livros publicados pelo autor – e dos fragmentos legados pelo pensador pré-socrático Heráclito de Éfeso. Partimos da premissa da linguagem como lastro da proximidade dos seus discursos e adotamos a metáfora como elemento articulador de opostos sob uma unidade, estabelecendo, para fins expositivos, metamorfose e finitude como aspectos característicos desta articulação no âmbito da textualidade. Tomamos o fogo como fio condutor do cotejo proposto e a partir dele desenvolvemos possíveis pontos de convergência entre a poesia de Herberto e o pensamento de Heráclito no tocante tanto à metamorfose quanto à finitude.

Acesse: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/LETR-BAFGVA

Publicado em Dissertações e Teses, Sem categoria | Deixe um comentário

Sophia e a Antiguidade Clássica

20171631_NACL_CAPA.jpg

Sophia e a Antiguidade Clássica

“O Nu na Antiguidade Clássica” e “Antologia de Poemas Sobre a Grécia e Roma”

No próximo dia 22 de Maio, pelas 17h30, será lançado o livro “O Nu na Antiguidade Clássica” e “Antologia de Poemas Sobre a Grécia e Roma” , obra constituída pelo que, de principal, Sophia de Mello Breyner Andresen escreveu sobre a Antiguidade Clássica. Dele constarão, como o título indica,  a obra “O Nu na Antiguidade Clássica”, há muito esgotada, e uma seleção de poemas que Sophia escreveu sobre Grécia e Roma. A edição é coordenada e organizada por Maria Andresen de Sousa Tavares, responsável também pela seleção dos poemas e respetivas notas e tem um prefácio de José Pedro Serra.
Esta iniciativa decorrerá na Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva e precederá a inauguração da exposição “Olhares Mútuos” que procura evidenciar as afinidades e o diálogo poético entre Vieira da Silva e Sophia.

22 Mai 2019 17h30
Fundação Arpad-Szenes Vieira da Silva
Praça das Amoreiras 56, Lisboa
Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Tese de Patrícia Resende Pereira

Cada poema já sonha outra forma: Poesia e poética cinematográfica em Carlos de Oliveira e Manuel Gusmão

Patrícia Resende Pereira

 

Esta tese propõe um estudo da releitura cinematográfica realizada pelo ensaísta e poeta Manuel Gusmão na escrita do roteiro do média-metragem Carlos de Oliveira Sobre o lado esquerdo (2007), dirigido por Margarida Gil. A partir do filme, pode-se perceber que Manuel Gusmão, poeta renomado e acadêmico que estudou por anos os livros de Carlos de Oliveira, expande a obra do poeta da Gândara no cinema. Mas não só, uma vez que é possível verificar, especialmente no livro A terceira mão (2008), uma tentativa de pensar (e solucionar) ali alguns aspectos centrais da poética de Carlos de Oliveira. Para alcançar este objetivo, a pesquisa centra-se no conceito de dialogismo, escolha que se justifica quando se leva em consideração que está presente nas obras poéticas e ensaísticas de Manuel Gusmão, como comprova o título do livro que reúne seus textos acadêmicos, Uma razão dialógica (2011). Acrescenta-se a isso o fato de que a concepção de poesia de Carlos de Oliveira, especialmente quando se tem em mente as reflexões contidas em O aprendiz de feiticeiro (1971), também se concentra em uma discussão dialógica. Importa mencionar que, para a composição do roteiro, Manuel Gusmão propõe uma colagem, recurso utilizado em alguns textos pelo poeta da Gândara. Para tanto, o ensaísta faz de Finisterra: paisagem e povoamento (1978) o cerne para a estrutura fílmica proposta, uma vez que, com o intuito de constituir um fio narrativo, é esta a obra que fornece ao média-metragem seus personagens e conflitos. Esses trechos se unem a outros fragmentos, retirados de outras obras de Carlos de Oliveira. É, então, a partir dessa costura de fragmentos que se tem a possibilidade de uma expansão da obra de Carlos de Oliveira pelas mãos de Manuel Gusmão, de modo que, como nos versos de Lavoisier, de Sobre o lado esquerdo (1968), se coloca em prática a ideia de uma poesia capaz de sonhar outra forma.

Acesse: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/LETR-B7DLDT

Publicado em Dissertações e Teses | Deixe um comentário

Dossiê Sophia de Mello Breyner Andresen da Revista do Centro de Estudos Portugueses

cover_issue_654_pt_BR.jpg

Já se encontra on-line o dossiê Sophia de Mello Breyner Andresen da Revista do Centro de Estudos Portugueses da FALE/UFMG.
Acesse: http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index…/…/issue/view/654

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

PENSAR A PALAVRA-EXPERIÊNCIA – Homenagem a E. M. de Melo e Castro

Pensar a palavra-experiência - I Circular_001.png

PENSAR A PALAVRA-EXPERIÊNCIA
HOMENAGEM A E. M. DE MELO E CASTRO

Guarulhos – São Paulo/SP – 23 de outubro de 2019
Belo Horizonte – Minas Gerais/MG – 29 e 30 de outubro de 2019

 Realização
Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP
Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG
Centro de Estudos Portugueses – CESP/UFMG
Polo de Pesquisa em Poesia Portuguesa Moderna e Contemporânea
Grupo de Estudos Lírica de Agudeza/UNIFESP/EFLCH-Campus Guarulhos/CNPq

Comitê organizador
Maria S. Fernandes Carvalho (UNIFESP)
Raquel Madanêlo Souza (UFMG)
Silvana Pessôa de Oliveira (UFMG)
Roberto Bezerra de Menezes (UFMG)

 
Apresentação
O poeta Ernesto Manuel Geraldes de Melo e Castro é um dos mais importantes escritores da língua portuguesa contemporânea. Nascido na pequena cidade lusitana da Covilhã, em 1932, sua obra traz juntos a maturidade e o ímpeto jovial de um homem das letras que sempre assumiu a palavra como ofício maior em vida e livros. Publicou dezenas de livros e recebeu alguns prêmios pelo conjunto de sua obra, poesia e crítica literária, dentre os quais destacam-se o Grande Prêmio de Poesia Inaset-Inapa, em 1990, cuja premiação trouxe a público a primeira antologia de sua poesia publicada até então, o livro Trans(a)parências: poesia. I – 1950/1990; e o Prêmio Jacinto do Prado Coelho, em 1995. A primeira antologia da palavra com imagens, o livro Visão visual, foi publicada em 1994. Desde então, muitos outros livros, poemas, objetos poéticos e ensaios críticos foram elaborados pelo poeta, por meio da crítica literária, no verso e nos pixels do computador. É pai da cantora e compositora Eugênia Melo e Castro, que lhe dedicou recentemente um disco chamado Mar virtual, no qual foram musicados 13 poemas de E. M. Melo e Castro. O poeta mora na cidade de São Paulo, no bairro do Sumaré.

Eixos temáticos

  1. Obra poética: poesia em versos e poesia visual;
  2. Obra crítica;
  3. Relações entre Poesia Experimental portuguesa e Poesia Concreta brasileira;
  4. Diálogos com outras poéticas.

 

Inscrições de trabalhos
Prazo para envio de resumos: 31 de março a 31 de julho de 2019.
Envio das cartas de aceite: até 15 de agosto de 2019.
Prazo para pagamento: até 15 de setembro de 2019.
Valor: R$ 15,00 (quinze reais)

Dados bancários para o pagamento da inscrição
Banco do Brasil (Silvana Maria Pessôa de Oliveira)
Agência: 8619-3
Conta: 910698-7

(Enviar a cópia do comprovante para o e-mail: palavraexperiencia@gmail.com)

Orientações para inscrição de trabalho
A proposta de trabalho deverá conter:

  1. Título;
  2. Nome completo do(s) autor(es), instituição de origem;
  3. Resumo com no mínimo 100 e no máximo 150 palavras;
  4. Palavras-chave: 3 (três);
  5. Indicação de local de apresentação: Guarulhos (UNIFESP) ou Belo Horizonte (UFMG).

Enviar o arquivo em formato .doc ou .docx para o endereço palavraexperiencia@gmail.com.

Publicação dos trabalhos apresentados
Os trabalhos apresentados poderão ser recomendados para publicação em dossiê dedicado a E. M. de Melo e Castro da Revista do Centro de Estudos Portugueses – RCESP (v. 39, n. 62, 2019).

Publicado em Atividades, Congressos, Sem categoria | Deixe um comentário